Autor: Lapso Freudiano

Lapso Freudiano

Paraense, quase baiano, fala pouco e gosta de frutos do mar a sarapatel.